fbpx
Pessoa relaxada em cadeira de praia, lendo um livro de frente para o mar

Retorno de férias ao trabalho: saiba o quanto você vai receber

Uma dúvida comum entre os colaboradores que têm férias previstas no contrato de trabalho com suas respectivas empresas é: quanto se recebe no retorno de férias ao trabalho?

Sabemos que, no geral, quando o trabalhador vai tirar férias, as empresas pagam o adiantamento do salário, compensando aquele mês que não será trabalhado, mas vai ser remunerado para o funcionário.

Porém, no retorno, muitos colaboradores ficam confusos, com relação ao próximo salário e se os valores ficam mantidos no retorno das férias.

São muitas dúvidas: e a MaxxCard está aqui para responder todas elas!

Confira nosso guia completo sobre retorno de férias ao trabalho para saber as principais informações sobre o tema.

Boa leitura!

O que são férias e o que é o retorno de férias ao trabalho?

Quando o colaborador completa 12 meses de trabalho na mesma empresa, em período contado em meses corridos, ele tem direito a férias: um merecido e remunerado descanso, que pode durar, no máximo, 30 dias.

Esses dias em que o colaborador está afastado com a comprovação de férias são remunerados pela empresa; ainda, o funcionário recebe o acréscimo de férias, parte do que a CLT determina para esse benefício.

Já o retorno de férias ao trabalho é a volta do colaborador aos seus afazeres previstos em contrato, na empresa que o emprega: e é aí que surgem as dúvidas quanto ao pagamento.

Como funciona o retorno de férias ao trabalho?

Muitos colaboradores pensam que vão ficar sem receber o salário quando voltam de férias, inclusive sendo surpreendidos por essa desinformação.

Existem uma série de considerações e detalhes envolvidos voltando ao trabalho depois das férias, inclusive com relação ao cálculo da mesma.

Acompanhe abaixo nossas informações acerca do tema:

Como é feito o cálculo do salário no retorno de férias?

É importante saber calcular o salário no retorno de férias, para poder se organizar financeiramente e ter uma previsão de quanto se terá de salário após esse período.

O pagamento de férias engloba todo o salário do colaborador, relativo ao mês que ele ainda vai trabalhar (o que estará de recesso).

Ainda, existe um acréscimo de ⅓ do salário sobre esse montante, concluindo tudo o que o trabalhador recebe antes de sair de férias.

Logo: as férias antecipam o salário, e o ⅓ do valor é uma espécie de extra, uma bonificação.

Quando o trabalhador retorna, e o seu salário já foi antecipado justamente por conta desse período, para saber o quanto vai ser pago no retorno, o colaborador deve analisar quando as férias se encerram.

Isso porque a data do mês em que se iniciou as férias serve como base para o cálculo do recebimento proporcional no mês seguinte.

É possível interromper as férias de um funcionário?

Areia de praia com pano de piquenique para proteger uma latinha de refrigerante, um a tangerina, um óculos de sol, um chapéu de palha, uma câmera fotográfica e um livro aberto. A foto simboliza Retorno de ferias ao trabalho

Foto: Unsplash

Se o funcionário está de férias, nenhum serviço relacionado à empresa pode ser exigido dele, nem presencialmente, nem por meio de canais de comunicação, para a realização de serviços à distância.

Ainda, não se pode exigir um retorno antecipado ao trabalho: se o colaborador, com acordo firmado com o empregador, tirou seu período de férias, que pode ser até de 30 dias, ele deve cumprir essa previsão.

Quando volta de férias, tem direito a folga no dia seguinte?

Essa dúvida é comum entre os colaboradores, e pode causar confusões até mesmo no departamento de RH.

É importante destacar que as férias, sob nenhuma hipótese, devem começar em algum dia de descanso do trabalhador, ou seja, em um domingo, por exemplo.

Ainda, no retorno das férias, é dever do colaborador trabalhar, no mínimo, 5 dias consecutivos para receber sua primeira folga semanal ao voltar das férias — isso, no caso de semanas com 2 folgas.

Para jornadas de trabalho de 1 folga semanal, é necessário que o trabalhador, após retornar, trabalhe ao menos 6 dias consecutivos para receber sua próxima folga.

Como retornar: o que fazer no retorno de férias ao trabalho?

Apesar do período de férias ser merecido, onde o colaborador usa o tempo para viajar, estar com a família, lidar com compromissos pessoais e, principalmente, descansar, uma hora ele termina, e é necessário voltar ao trabalho.

É normal voltar com um ritmo mais lento, e com aquela sensação de que gostaria de ter descansado um pouco mais!

Para ajudar você nessa volta, preparamos uma lista com algumas dicas do que fazer no retorno de férias ao trabalho; confira:

Organizar sua caixa de e-mail

Você ficou ausente por 30 dias: imagine, então, como deve estar a sua caixa de entrada do e-mail depois de todo esse tempo sem conferi-la?

Muita gente atualiza o status do e-mail, ou até programa respostas automáticas, para serem enviadas no período de férias: o que é uma medida inteligente para evitar ser incomodado no período de descanso.

Porém, quando for retornar ao trabalho, é importante acessar mensagens antigas e se atualizar das demandas que foram solicitadas nesse período.

Aceitar que as férias acabaram

Talvez essa seja a parte mais difícil: descansar é tão bom, como aceitar que as férias acabaram?

Pense sempre na cultura organizacional da sua empresa e, se este for um local prazeroso de se trabalhar, estar de novo com seus colegas de trabalho, e voltar à rotina tradicional, também vai ser bom para você!

Respeitar o seu ritmo

Ambiente corporativo com funcionários ao fundo em nichos com cadeiras em computadores. E, em foco no primeiro plano da imagem, duas funcionárias. Uma delas sorrindo, e a outra analisando um buquê de flores que está sobre a mesa de computador, simbolizando mensagens de retorno de férias ao trabalho

Foto: Unsplash

Como citamos, o retorno ao trabalho depois das férias pode ser mesmo um pouco mais lento, uma vez que foram 30 dias sem contato com as responsabilidades tradicionais.

Aqui, é importante respeitar o seu ritmo no retorno e, aos poucos, voltar às práticas que costumam fazer parte da sua jornada de trabalho.

Planejar as próximas metas

Com a mente e o corpo descansados, você vai voltar com muito mais energia e disposição para tentar coisas novas no trabalho: e este é o momento de planejar os próximos passos!

Estar novamente em contato com o seu time certamente será estimulante na hora de organizar as próximas metas e voltar a trazer resultados para a empresa.

Na hora de oferecer benefícios aos funcionários, você já conhece a melhor solução: MaxxCard é parceira do seu RH, confira!

Conclusão

E então, tudo certo sobre o retorno de férias ao trabalho?

Esse assunto é importante para evitar que o colaborador tenha surpresas com relação ao seu salário quando voltar ao trabalho, depois do seu merecido descanso.

Quer mais dicas? Acesse o blog da MaxxCard.

Artigos Relacionados

Ofereça
os principais
benefícios para
os funcionários
com uma única
gestão

Quero ser Maxx!

MAXXCARD ADMINISTRADORA DE CARTOES LTDA

MATRIZ
CNPJ nº 12.387.832/0001-91
End.: Calçada das Margaridas, nº 163, sala 02, Condomínio Centro Comercial, Alphaville, Barueri – São Paulo, CEP 064053-038

FILIAL
CNPJ nº 12.387.832/0002-72
End.: R. Avertano Rocha, 192 – Campina, Belém – PA
CEP 66023-120

Contatos

Nossas Redes